RPCV (2002)97 (542)63-70

Sistemas de produção de alimentos de origem animal no futuro

Production Systems of animal origin food in the future



Apolinário Vaz Portugal

Estação Zootécnica Nacional 2000 Vale de Santarém
Faculdade de Medicina Veterinária Rua Professor Cid dos Santos 1300-477 Lisboa

Resumo: A produção variada (composição bioquímica e organização tecidual)do mesmo tipo de alimento de origem animal (carne ou leite)permite definir o sistema de produção animal a instalar.Reforça-se a ideia da necessidade no Mundo,de um esforço de produção de alimentos de origem animal a dobrar a sua produção actual nos próximos 20 anos,face à duplicação previsível da população Humana nos próximos 50 anos.Ao mesmo tempo a competitividade da produção, face à comercialização em mercados abertos,exige o aumento da eficiência produtiva. Teremos assim o incremento da produção massal de alimentos de origem animal,originados em sistemas intensivos de produção. Para este aumento da eficiência biológica muito contribuirá a aplicação de novas tecnologias em produção animal,responsáveis por custos de produção mais baixos e competitivos. Nos domínios metabólico,genético,reprodutivo e produtivo novas técnicas, quando não ponham em causa a saúde pública e eticamente sejam aceites pelo consumidor, permitirão aplicar no próximo século e nos sistemas de produção intensiva outras técnicas de produção.
O melhoramento genético e produtivo do Segmento Mãe e do Segmento Filho permitirão atingir níveis de eficiência produtiva (mais produto por unidade de alimento ingerido)responsáveis por custos de produção mais baixos.São tecnologias que visam a produção massal de alimentos de origem animal,diluindo os custos com a manutenção do animal.São sistemas intensivos de produção animal.
Por outro lado há outra forma de produzir alimentos de origem animal,desenvolvendo sistemas de produção natural ou extensiva que defenderá as qualidades genuínas do produto animal.O melhoramento produtivo,neste caso de produção,deve tornar mais eficiente o sistema,sem contudo alterar as características do produto final.Estas condicionarão a inovação tecnológica a aplicar na produção animal natural.Os custos de produção mais elevados poderão ser compensados pelo valor acrescentado a obter pela venda destes alimentos de origem animal,ou pela necessidade política sentida de os produzir. Há assim formas diferentes de produzir o mesmo alimento, conduzindo o Consumidor a escolher. A produção intensiva e a produção natural são sistemas comple mentares de produção animal cuja produção e distinção entre os mesmos produtos,terá de ser regulamentada,coordenada, melhorada e defendida a sua origem e genuidade.A Imagem Pública da produção animal terá de ser defendida através da formação da opinião do Consumidor.A estrutura produtiva deve preocupar-se com a saúde pública e ambiental e o bem estar animal.Indústria animal e Produção Natural coabitam o mesmo espaço e produzem alimentos variados que o Homem pode escolher.Trata-se de uma produção massal (sistemas intensivos) e uma produção de oferta limitada (produção natural),esta feita com o recurso local,a raças autóctones e alimentos de composição nutritiva com reflexos nos flavores do produto final.O esforço de produção e a eficiência de produção conduzirão por outro lado à evolução da animalicultura que assentará as suas raízes na evolução do Conhecimento Científico e da aceitabilidade pública da aplicação de novas tecnologias,passando do animal modelo ao animal molécula,assente na identificação e expressão do ácido desoxiribonucleico,DNA. Há que produzir com competitividade, produzir de formas diferentes,oferecer alimentos de características diversas,defender a natureza do que se vende,da etiqueta e por outro lado,saber comercializar.

Palavras-chave:Sistemas de produção animal,características do produto animal,sustentabilidade,mecanismos genéticos e metabólicos de produção animal.

Summary: Varied production (biochemical composition and organization of tissue)of the same type of animal origin food (meat and milk)makes it possible to choose the adequate animal production system.There will be a need to duplicate the production of animal origin food during the next 20 years since it is predicted that human population will double in the next 50 years. At the same time,the competitiveness of production demands an increase of pr oduct ive effi ci ency due to commercialization in open markets.Therefore, there will be an increase of mass production of animal origin foods from intensive systems of production.New technologies which allow lower and competitive production costs will play an important role in the increase of biological efficiency. New technologies in the metabolic,genetic,reproductive and productive fields will make it possible to apply other production techniques in intensive production systems in the next century as long as these are not harmful to public health and are ethically accepted by consumers. The genetic and productive improvement of both dam and offspring segments will make it possible to reach levels of productive efficiency (more product per feed intake) that will allow lower production costs. The aim of these technologies is mass production of animal origin food. Natural or extensive production systems are another way to produce animal origin foods.This type of production ensures the genuine qualities of the animal product.
In natural or extensive production,productive improvement should make the system more efficient without changing the characteristics of the final product .These will determine the type of technology to be used.Higher production costs may be compensated by the added value obtained from the commercialization of these animal origin foods. Therefore,the same food may be produced in different ways and the Consumer may choose.
These animal production systems complement one another. However, the distinction between the same products from each of these systems will have to be regulated, coordinated and improved in order to ensure the originality of these products. The Public Image of animal production requires that the opinion of the Consumer be shaped. The productive structures hould be concerned with public and environmental health as well as with
animal welfare.Both Animal Industry and Natural Production shar e t he same space and produce a variety of foods Man may choose. Intensive production systems are responsible for mass production while natural production systems account for production of limited offer.The latter has specific characteristics and derives from local resources,local breeds and feeds which nutritive composition influences the flavour of the final product.
On the other hand,the effort and efficiency of production will lead to the evolution of animal production which foundation is set on the evolution of scientific knowledge and on the acceptability of applying new technologies.Thus the standard animal will give way to the molecule animal which is based on the identification and expression of deoxyribonucleic acid (DNA).There is a need to produce competitively,produce in different ways,offer foods with different characteristics,defend what is sold and labelled and know how to commercialize.


Keywords:Animal production systems,animal product characteristics,metabolic and genetic mechanisms of animal production


Tamanho: 657Kb